Catarata

A catarata é a perda de transparência da lente natural do olho. Dentro do olho humano existe uma lente transparente, responsável pelo foco e pela nitidez da imagem. Essa lente natural é chamada cristalino.

Se a lente natural, ou seja, o cristalino, perder sua transparência, a imagem ficará embaçada. A perda de transparência do cristalino recebe o nome de Catarata.

As pessoas com catarata começam a notar uma perda progressiva na nitidez da imagem. As cores vão perdendo o brilho e as imagens começam a ficar embaçadas. Além disso, é comum os pacientes queixarem de sensibilidade aumentada à luz.

No início, os sintomas são leves, mas podem progredir e abaixar a visão de forma significativa, deixando as imagens completamente nubladas. Esse processo se dá de forma progressiva e pode atingir os dois olhos ou um olho de cada vez.

A noite a visão do paciente com catarata torna-se ainda pior, gerando grande insegurança para a pessoa sair de casa a noite, dirigir e mesmo atividades domésticas como assistir televisão.

A catarata está geralmente relacionada à idade, porém algumas doenças como o diabetes, artrite reumatóide, doenças congênitas, uso prolongado de medicações (ex: cortisona) e também os traumas oculares podem levar à formação da catarata.

Com o auxílio de aparelhos específicos, o oftalmologista consegue identificar a catarata e classificar seu estágio evolutivo.O paciente com sintomas de visão embaçada deve procurar um especialista e fazer uma avaliação completa.

O tratamento da catarata é essencialmente cirúrgico e consiste na remoção do cristalino nebuloso.

Foi desenvolvida a técnica a LASER, que permite não somente fragmentar o cristalino com mais segurança, como também criar as microincisões com maior eficácia e previsibilidade para remoção do cristalino, garantindo um recuperação extremamente rápida, sem a necessidade de pontos.

O cristalino é então removido e o mesmo deverá ser substituído por uma lente intra-ocular.

No Instituto Oftalmológico Paulista utilizamos a tecnologia a Laser e a técnica de facoemulsificação. Com essa técnica, todo o cristalino é aspirado através de uma microincisão (2 milímetros), aumentando a segurança do procedimento.

Técnica de cirurgia de catarata por micro-incisão:

Atualmente o consenso médico é de que a catarata deve ser operada nos seus estágios iniciais, ao contrário do que era feito no passado. Isso se deve ao fato de a cirurgia ser muito mais rápida e principalmente segura quando a catarata está no início.

Portanto, a orientação atual é que a cirurgia seja realizada logo que a pessoa comece a apresentar os sintomas da catarata.

Após a remoção do cristalino nebuloso (catarata), uma lente intra-ocular deverá ser implantada para que seja retomada a nitidez da visão. É muito importante que seja implantada uma lente de qualidade, para que além de segurança, o paciente tenha uma ótima visão.

Na Laser vision, utilizamos uma lente intra-ocular dobrável e de alta qualidade, permitindo que a mesma seja implantada através de um micro orifício e resulte numa visão de alta definição.

Lente intra-ocular implantada após cirurgia de catarata:

A cirurgia dói? Precisa de Internação?

Resposta: Os pacientes não sentem dor durante a cirurgia da catarata, a anestesia é feita por colírio, os paciente fica completamente confortáveis durante todo o procedimento e não precisa internação. O tempo da cirurgia leva em média 15 minutos. Na moderna cirurgia da catarata não são necessário pontos e a recuperação da visão é quase imediata. Os pacientes podem sair da cirurgia caminhando e já enxergando.

Existe algum Risco?

Resposta: Toda cirurgia envolve riscos, no entanto quando realizada por profissionais especializados e equipamentos de última geração as chances de complicações são mínimas.