Foco na estética (Blefaroplastia, Correção de Ptose, Botox e Preenchimento)

A plástica ocular abrange a área da pálpebra como as vias lacrimais e a órbita. Existem diversas técnicas que têm como foco a integridade do globo ocular e da função visual, sendo:

  • Cirurgia Reconstrutiva – tratamento de tumores;
  • Cirurgia Reparadora – tratamento de feridas e as más-posições;
  • Cirurgia da Ptose – tratamento para a pálpebra caída;
  • Cirurgia das Retrações – faz parte do quadro de tratamento da tireóide.

Tratamentos
Os procedimentos são realizados de cirurgia reparadora com anestesia local, sem necessidade de internação hospitalar, com alta logo após a realização do procedimento, que é indolor e deixa discretas cicatrizes.
Além da cirurgia reparadora, há também a blefaroplastia, que consiste na aplicação da toxina botulínica (Botox), que pode melhorar a estética palpebral. Essa cirurgia também é realizada com anestesia local e uma sedação leve, sem a necessidade de internação.
Na Blefaroplastia inferior a incisão é feita pela pele, logo abaixo dos cílios. Quando há somente bolsas de gordura e não há excesso de pele, a incisão é feita pela parte interna da pálpebra, não sendo necessária sutura (pontos), na maioria dos casos.

E as cicatrizes são visíveis?
Sendo a pele das pálpebras de espessura muito fina, as cicatrizes tendem a ficar praticamente disfarçadas nos sulcos da pele, o que ocorre após 3 meses com a maturação da cicatriz. Em pacientes que só necessitam remoção de bolsas de gordura da pálpebra inferior, as incisões podem ser realizadas na parte interior da pálpebra, deixando uma cicatriz invisível.

Pós-operatório
O pós-operatório é simples, sem dor, ocorrendo em alguns casos uma pequena sensibilidade na região ou leve dor, que pode ser minimizada com analgésico comum.